8 de nov de 2012

Dúvidas frequentes sobre Massagem Tântrica

A sessão de massagem tântrica tem a duração de uma hora e você pode tomar um banho antes e outro depois do seu atendimento. Aqui já temos à disposição, as toalhas, roupões, chinelos, pentes e sabonetes líquido com ou sem perfume. Tudo higienizado e ensacado individualmente com todo o carinho que você merece.

O valor de cada sessão de massagem tântrica é de 230 reais, mas para quem está vindo pela primeira vez o valor é reduzido para 199 reais. Caso você retorne para outras sessões de massagem antes de completar 30 dias da sua visita anterior, é possível permanecer neste valor promocional. Aceitamos todos os cartões de crédito e débito, além do dinheiro. Não aceitamos cheques.

Mulheres também podem e devem receber massagem tântrica, como uma forma terapêutica de irem se libertando de inibições, traumas e tabus em relação ao corpo e ao prazer, que apesar de ser uma característica natural e saudável em nossa condição humana e adulta, são vistos e distorcidos como coisas impróprias e que devem ser reprimidos custe o que custar, e aí que mora a raiz de tantas patologias psicológicas, energéticas, emocionais e até físicas. A massagem tântrica ajuda as mulheres a desenvolverem sua própria feminilidade e sensualidade de uma maneira graciosa, bela, harmônica e tranquila.

Apesar de não haver contra indicações e qualquer pessoa de qualquer raça, peso, credo e idade, poder receber esse tipo de atendimento, por cautela não atendemos menores de idade, mulheres gestantes e pessoas muito idosas.

Por ser uma massagem que se utiliza de alguns dos incontáveis ensinamentos do Tantra Indiano, por ser bastante diferente de qualquer outra modalidade de massagem por atender os clientes despidos e deitados num futton (colchão que fica no chão) e também por estimular o corpo todo inclusive o órgão sexual, com a utilização das mãos e um óleo neutro sem perfume, é normal algumas pessoas confundirem a massagem tântrica com uma simples masturbação, um programa sexual ou com uma massagem tailandesa, o que não é verdade.

Na massagem tântrica nunca há sexo ou qualquer coisa parecida, nem troca de carícias entre terapeutas e clientes. Aproveitamos para dizer que nem a massagem tailandesa oferece isso. Essa modalidade de massagem, assim como a tântrica, não tem nada a ver com sexo ou como o sexo nos é apresentam aqui no ocidente. Em sua verdadeira origem a massagem tailandesa, que é realizada ou aprendida na Tailândia mesmo ou em lugares que difundem com seriedade e ética os ensinamentos e tradições orientais merecem uma apreciação mais apurada e profunda seus interessados. Confundimos por falta de informações e de pesquisas mais atentas.

Durante os atendimentos as terapeutas permanecem vestidas com uma bata indiana e shorts, ou qualquer outra vestimenta confortável. Pois o estímulo visual de uma mulher nua faz que o homem entre em fantasias psicológicas eróticas não relaxando e respirando o suficiente, culminando por ejacular muito superficial e rapidamente, sem ter a chance de ter experiências diferentes do habitual, sem a oportunidade de conhecer a sua própria e natural energia sexual percorrendo por todo seu corpo e sua capacidade de vivenciar as diferentes nuances das ondas de orgasmos secos e múltiplos, perfeitamente possíveis já na primeira sessão.

A ejaculação é permitida durante a sessão de massagem tântrica, sem problemas, mas o maior objetivo desta técnica indiana de massagem é que você vivencie orgasmos secos (sem ejaculação) e múltiplos (um orgasmo após o outro),  pois estas são características diferentes de uma mesma energia orgástica e portanto é natural e normal para qualquer pessoa, homem ou mulher. Não sabemos porque isso não nos é ensinado em nossa cultura brasileira.

A cada sessão você vai conhecendo melhor as diversas características de suas ondas orgásticas...suaves, fortes, superficiais, profundas, breves, prolongadas... É um aprendizado, uma caminhada. Você vai conhecendo seu corpo, suas reações, sensações e emoções. Vai conhecendo suas expressões de prazer, seus gemidos e suspiros. Vai diferenciando incômodos de prazeres. Vai se tornando mais sensível aos toques e carinhos de seu parceiro(a). Vai se tornando mais calmo, mais presente, mais amoroso e carinhoso. Mais sensual e menos sexual. Mais livre e paciente consigo e com o parceiro(a). Inevitavelmente a vida sexual entre o casal melhora consideravelmente.

O que causa muita confusão é que a massagem tântrica é uma ínfima parte de um maravilhoso, longo e minucioso ritual de amor entre um casal que se ama, se reverência e que tem uma profunda intimidade, amor, amizade, paciência e respeito um ao outro e à si mesmo. Entre um casal que pratica com assiduidade e disciplina os exercícios propostos para aprenderem a manter a chama de um ritual desses por até 4 horas ou muito mais. Esse ritual no Tantra Indiano é denominado Maithuna – O Sexo Sagrado.  É aí que começa toda a confusão. Ler ou ouvir as palavras “sexo” e “tantra” faz com que os leigos se apressem e associem uma coisa à outra. E pensem que se é tântrico então é sexo. Não é assim que funciona. Não mesmo.

No Kailash oferecemos o inicio de um ritual tântrico, que é a massagem tântrica, que já é o começo transformador e maravilhoso. E paramos por aí, até que a pessoa entenda com o passar de muitas sessões o que é ser tântrico, o que é massagem tântrica, o que é tantra, através de muitas trocas de idéias e também de muitas vivências pessoais bem práticas e na própria pele mesmo e muito além da pele, com diversos grupos sérios de tantra, com diversas pessoas ou instrutores que se trabalham em todos os níveis: físico, energético, emocional, intelectual e espiritual.  É através de muitos cursos, muito estudo e muita leitura sobre o tema e até com viagens a países diferentes.

Assim buscamos nós que fazemos parte da equipe do Kailash, que nos esmeramos numa constante busca pelo auto-conhecimento, aprendizado e melhoramento como seres humanos individuais e ao mesmo tempo parte de um todo. Isso demanda tempo, investimento, humildade, pesquisa, amor e determinação. Se você quer vivenciar o Maithuna ou um ritual tântrico que culmine nisso, esse é o caminho, não há outro.  Aqui no Kailash oferecemos massagem tântrica, não maithuna.

Oferecemos cursos para casais e solteiros que queiram de verdade, de coração se superar e aprender juntos o maithuna, esse modo de viver o sexo, o amor, o corpo e a relação à dois, e também com todas as pessoas que estão fora do nosso contexto sexual, de uma maneira muito especial, ética e real.

Algumas pessoas nos perguntam as características físicas, a idade e até as medidas do corpo das terapeutas, se são casadas e se tem filhos... Entendemos essa necessidade de saber e para deixá-los(as) mais tranquilos (as) temos em nosso site uma foto de rosto dos(as) terapeutas que atendem no Kailash Centro de Tantra e Terapia Holística. Você pode escolher e agendar com quem quer ser atendido.

Mas gostamos de ressaltar que não oferecemos "corpos" de mulheres ou de homens. O que nos disponibilizamos à prestar são serviços, atendimentos e cursos em diversas modalidades de terapias corporais (massagens diversas) e terapia holística, todas explicadas uma a uma em nosso site.

Para fazer parte de nossa equipe e atender como profissional autônomo sendo um terapeuta no Kailash é necessário ter formação comprovada em Massagem Tântrica e/ou em Terapia Holística (terapeuta), e/ou em Terapias Corporais (massoterapeuta / massagista).  

Nosso horário de funcionamento é de segunda à sábado, iniciando às 9h e agendado o último atendimento para às 20 horas. Aos domingos e feriados nem sempre atendemos, é necessário ligar com antecedência e verificar a disponibilidade dos (as) terapeutas.

Atendemos somente em nossa sede e com horário agendado antecipadamente. Estamos localizados no 2º andar de um prédio comercial na Avenida Andrômeda, 1280, Sala 08, no Jardim Satélite, em São José dos Campos/SP. Como ponto de referência no térreo de nosso prédio tem o laboratório da Unimed, com uma fachada verde toda espelhada.

Há vagas para estacionamento sempre disponíveis na Avenida Andrômeda pela Zona Azul Eletrônica (parquímetro). Traga moedas para isso. Algumas pessoas estacionam no Shopping Vale Sul e sobem caminhando.

Acreditamos que até dezembro de 2012 estaremos de mudança para a nova sede na Vila Nair, na Rua Letônia, nº 38. Uma casa mais espaçosa e térrea, com estacionamento na porta, quatro suítes para atendimentos de massagens e salão para eventos.

Para finalizar, em palavras não é possível explicar o que é massagem tântrica, é necessário sentir na pele, vivenciar para compreender. Agende sua sessão: quem experimenta gosta e se surpreende com o que sente. Veja depoimentos em nosso site (www.tantrica.com.br) e acompanhe novidades neste blog.

Hare Om.

Denise de Assis e Devarupa Bodhi
Terapeutas 

Nenhum comentário:

Postar um comentário